Plano i em S. João da Madeira

A Plano i esteve ontem em S. João da Madeira, a convite da Divisão de Educação da Câmara Municipal que, em parceria com a Federação Concelhia das Associações de Pais (FECAP SJM) e a colaboração da Associação de Pais da Escola João da Silva Correia, organizou um debate sobre a violência no namoro.

Comunicado – Reportagem TVI (10.01.19)

A Associação Plano i repudia veementemente quaisquer tipos de práticas cujo objetivo seja a conversão ou a reorientação sexual de pessoas LGBTI.
Na sequência da reportagem emitida ontem pela TVI, da autoria da jornalista Ana Leal, cujas evidências são de uma gravidade inqualificável, dirigiu esta Associação à Ordem dos Psicólogos Portugueses o seguinte ofício, esperando deste organismo uma atuação célere e eficaz:

À Comissão de Ética da Ordem dos Psicólogos Portugueses

Na sequência do trabalho desenvolvido pela jornalista Ana Leal, plasmado na reportagem emitida na TVI a 10 de janeiro de 2019, vem a Associação Plano i solicitar à Ordem dos Psicólogos Portugueses que averigue todas as circunstâncias no âmbito das quais as práticas de conversão ou de reorientação sexual ali referenciadas são levadas a cabo pelos/as psicólogos/as visados/as.
Considera a Associação Plano i, organização que dispõe da única estrutura de atendimento a vítimas de violência doméstica LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo) localizada a norte do país – o Centro Gis – e da única estrutura de acolhimento de emergência para vítimas de violência doméstica LGBTI existente em Portugal – a Casa Arco-Íris – que tais práticas atentam contra a dignidade, a liberdade e a saúde das pessoas LGBTI, constituindo uma séria violação das diretrizes nacionais e internacionais, cientificamente validadas, em matéria de avaliação e intervenção psicológicas.
A utilização, por parte de psicólogos/as, de procedimentos desta natureza não apenas é lesiva dos interesses e das necessidades dos/as clientes, como põe em causa a credibilidade da classe profissional.

Com os nossos melhores cumprimentos

Pela Direção

2 anos de vida do Centro Gis

COMUNICADO

O Centro Gis – o único centro de respostas às populações LGBTI (lésbica, gay, bissexual, trans e intersexo) localizado a norte do país – comemora hoje 2 anos de vida. Embora tenha sido inaugurado formalmente a 14 de fevereiro de 2017, abriu portas a 9 de janeiro do mesmo ano, no Antigo Edifício da Câmara Municipal de Matosinhos, com o apoio desta autarquia e financiamento da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade.
No seu curto tempo de existência, o Centro Gis, agora financiado pelo POISE e pela Câmara Municipal de Matosinhos, acompanhou um total de 309 utentes, realizando 2361 atendimentos. A grande maioria dos atendimentos efetuados tem como destinatárias as pessoas trans.
Dos casos acompanhados atualmente, 96 configuram situações de violência de género ou doméstica, tendo 46 começado a ser seguidos em 2018.
Os/As utentes do Centro Gis são oriundos/as de diversos pontos do país, destacando-se os seguintes: Porto, Bragança, Vila Real, Lisboa, Viana do Castelo, Braga, Madeira, Viseu, Santarém, Castelo Branco, Leiria, Coimbra e Aveiro. Alguns e algumas têm nacionalidade estrangeira (e.g., Suíça, Itália, Inglaterra, Brasil).
A unidade móvel do Centro Gis, financiada pela Fundação EDP e com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos e da União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, e cujo início do funcionamento remonta apenas a março de 2018, fez um total de 583 atendimentos e 161 rastreios, tendo chegado a 3179 participantes através de ações e campanhas de (in)formação, sensibilização e prevenção de IST’s. No âmbito das ações desenvolvidas por esta valência foram distribuídos 1246 folhetos informativos e 39698 preservativos e gel lubrificante.
Nos últimos 2 anos foram ainda abrangidas por ações de formação 3024 pessoas.
Têm sido também celebrados diversos protocolos com múltiplas entidades, nomeadamente com instituições de ensino, centros de formação e organizações da sociedade civil, ao abrigo dos quais têm sido, por exemplo, acolhidos estágios académicos.

Contactos
Telemóvel: 966 090 117
Email: gis@associacaoplanoi.org