Pequena Subvenção a ONGM – Cerimónia de Atribuição

“No passado dia 18 de novembro de 2016, pela 17h30m, realizou-se na sede da CIG, na Biblioteca Madalena Barbosa, a Cerimónia de Assinatura dos Contratos de Apoio Técnico e Financeiro (Pequena Subvenção) a Organizações Não Governamentais de Mulheres (ONGM), referente ao corrente ano”.

A Associação Plano i foi uma das contempladas.

Pequena Subvenção a ONGM – Cerimónia de Atribuição

Concurso “Natal sem género” – Campanha contra a Discriminação de Género

Com vista a promover uma leitura inclusiva e diversa do Natal, a Associação Plano i lança o concurso “Natal sem género” – Campanha contra a Discriminação de Género. Este visa distinguir o melhor anúncio publicitário audiovisual que contribua para a desconstrução de discursos estereotipados em torno dos brinquedos e de outros materiais lúdicos infantis. Assim, pretende-se sensibilizar a população em geral para o facto dos brinquedos e de outros materiais lúdicos infantis não serem exclusivos de um sexo, contrariando a classificação dos mesmos em função de um público alvo específico (e.g.,”brinquedos para meninas”, “brinquedos para meninos”).

A campanha surge no âmbito das comemorações do primeiro ano de existência da Associação Plano i e os resultados do concurso serão publicados no Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de Dezembro de 2016).

Os anúncios submetidos a concurso deverão ter uma duração máxima de 30 segundos. A pré-inscrição deverá ser feita até ao dia 15 de novembro de 2016 e os anúncios deverão ser enviados até ao dia 30 de novembro de 2016. O vídeo premiado será amplamente divulgado e o/a vencedor/a receberá uma menção honrosa.

O regulamento do concurso poderá ser consultado aqui.

Projeto Bloco i9 (inove)

A Associação Plano i tem em curso o Projeto Bloco i9 (inove), financiado pelo Fundo de Apoio à Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas (FAPE) e gerido pelo Alto Comissariado para as Migrações (ACM).
O mesmo será desenvolvido de abril a dezembro de 2006, em parceria com as Comunidades Ciganas de Aldoar, a União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, o Agrupamento de Escolas Manoel de Oliveira, a Associação de Ludotecas do Porto e a Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN Portugal) e visa, de uma forma geral:
1. Caracterizar as Comunidades Ciganas dos Bairros de Aldoar e Fonte da Moura,
2. Promover o combate à discriminação, através da sensibilização de profissionais e da opinião pública,
3. Promover a autonomização e participação cívica das Comunidades Ciganas e
4. Valorizar e divulgar a história e cultura ciganas.

A coordenadora do Projeto Bloco i9 (inove) é a psicóloga Paula Allen.

Dia Internacional das Mulheres: Dia da consciência da desigualdade de género

Dia Internacional das Mulheres

Para assinalar o Dia Internacional das Mulheres, a Associação Plano i publicou um artigo de opinião no P3. O artigo intitula-se “Hoje é o dia da consciência da desigualdade de género” e foi escrito pela presidente da Direção, Sofia Neves.

Excerto:

“No século XXI, e 41 anos após a sua primeira celebração, o Dia Internacional das Mulheres continua a afirmar-se como um mecanismo de interpelação social que obriga à reflexão sobre a vulnerabilidade, a opressão, a discriminação e a violência a que as mulheres permanecem expostas em todos os domínios da sua vida, em vários países do mundo. As evidências são esclarecedoras a este respeito. As mulheres são as principais vítimas de violência de género — na intimidade, na família, no trabalho e na rua —, sendo também as mais afetadas pelo desemprego, pela pobreza e pela precariedade social.”

“Hoje é o dia da consciência da desigualdade de género”

Artigo de opinião de Sofia Neves, no P3.

“As mulheres são objeto de uma visão social estereotipada, o que contribui para o reforço dos seus papéis tradicionais de género. As assimetrias de poder e, por conseguinte, de representação, constrangem o seu acesso a uma democracia plena que não toma, frequentemente, a sua voz em consideração. Apesar de figurarem em maior número nas universidades ocupam, quando comparadas com os homens, menos cargos de chefia ou posições de liderança”.

Plano i integra Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres

A Associação Plano i é, desde ontem, organização associada da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres (PpDM).

A notícia pode ser lida aqui.

A PpDM é um associação de carácter social, cultural e humanista, sem fins lucrativos e independente sob o ponto de vista partidário, administrativo e confessional, que tem como membros ONG de Direitos das Mulheres. Foi criada no dia 12 de Novembro de 2004 com o objectivo de construir sinergias para a reflexão e acção colectiva, tendo em vista a promoção da igualdade de oportunidades entre as mulheres e os homens e a defesa dos direitos das mulheres, com recurso aos mais variados meios, entre os quais pesquisa, lobbying, divulgação, comunicação, sensibilização e formação.