“Matosinhos acolhe “Centro Gis” de resposta às necessidades da população LGBT”

“O “Centro Gis”, em memória de Gisberta, a transexual assassinada no Porto em 2006, nasce hoje em Matosinhos fruto de um compromisso com o Estado e pretende ser uma resposta às necessidades da população LGBT do distrito”.

Notícia no Destak.

Deixe uma resposta